Renault Clio 2013 Fotos Preços





Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Clio 2013 Fotos

Tabela de preços RENAULT CLIO 2013
– Authentique 3p – R$ 23.290
– Authentique 5p – R$ 24.290
– Expression 5p – R$ 24.950

O estilo da linha 2013 do Clio já era conhecido desde o abrir de portas do Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro. Versões e preçostambém foram revelados, quando trouxemos a público detalhes do modelo. Só agora, porém, a Renault oficializa o visual refrescado docompacto produzido na Argentina. A marca francesa destaca as alterações, a oferta de dois níveis de acabamento e a revisão nomotor 1.0, mais forte e potente, que promete manter o nível de consumo de combustível baixo, apontado como o menor dentre os avaliados pelo Inmetro. Nas lojas de imediato, o Clio 2013 parte de R$ 23.290.

Visualmente, as alterações do Clio são as já vistas no Salão. O modelo ganha faróis redesenhados com apenas uma parábola, tendo desenho inspirado no homônimo europeu, recém-lançado e duas gerações à frente. A grade está alinhada à nova identidade visual da Renault, estreando no Brasil. O capô ganha vincos mais pronunciados e o para-choque traz novas luzes auxiliares e tomada de ar.

Nas laterais, o Clio 2013 calotas e rodas de liga leve revistas. O retrovisor maior já vinha na gama anterior. O para-lama perde a peça plástica com o nome do veículo, colocada no lugar do repetidor lateral. Já a traseira recebe lanternas com nova disposição, tampa traseira vincada, fechadura simplificada para o porta-malas e aerofólio integrado. Saias e adesivos fazem parte de kits de personalização de fábrica. Há três opções externa (Adesivos, Look e Sport) e uma interna (Estilo).

Por dentro, as versões de entrada do Clio perdem a tampa do porta-luvas. Por outro lado, há novos comandos para os vidros elétricos, botões do console revistos, revestimentos atualizados e quadro de instrumentos vindo de Logan e Sandero. No hatch argentino, o conta-giros traz escala colorida indicando os melhores regimes para economizar combustível nas trocas de marcha.

Falando em consumo, o motor 1.0 16v Hi-Flex dá lugar ao Hi-Power. Na essência, trata-se do mesmo propulsor, mas com 71 novos componentes. A marca destaca que o Clio é o mais econômico da categoria subcompacto nos ensaios do Inmetro feitos dentro do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV – Selo Verde). A empresa destaca ainda que o modelo atende às normas de emissões que só entrarão em vigor no Brasil a partir de 2015.

Em termos gerais, o Hi-Power teve taxa de compressão elevada de 10:1 para 12:1, recebeu novos pistões, bomba de óleo e bielas do 1.2 TCe usado na Europa, sistema de regrigeração do pistão por injeção a óleo na parte inferior e evolução na matéria-prima das bronzinas, entre outras alterações.  Agora são 77 cv com gasolina e 80 cv com etanol, sempre a 5.750 rpm, ante os 76/77 cv de antes. O torque subiu de 9,9/10,1 para 10,1/10,5 kgfm (4.250 rpm). A Renault afirma que o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 14,3/13,7 segundos (G/E), com máxima de 167/168 km/h.

Antes com versão única, o Clio agora traz dois níveis de acabamento. O Authentique, de entrada, tem carrocerias de três ou cinco portas. De fábrica, traz computador de bordo com oito funções, rodas de 13 polegadas (175/70) com pneus de menor atrito, relógio digital e alerta sonoro de luzes acesas. O ar condicionado é opcional. Já o modelo Expression, sempre 5p, adiciona ar quente, cromados no volante e no painel e limpador e desembaçador traseiros. Vidros e travas elétricos e alarme são acessórios e direção hidráulica, assim como o aparelho de climatização, são opcionas.

Com garantia total de três anos ou 100 mil km, o Clio oferece oito tonalidades para a carroceria (sólidas branco Glacier, preto Opaco e vermelho Vivo e metálicas bege Poivre, branco Creme, cinza Quartz, prata Etoile e vermelho Fogo). São suas armas para brigar comChevrolet Celta, Fiat Mille, Ford Ka e Volkswagen Gol G4, principalmente.



Deixe seu comentário